25 de jul de 2011

Discípulo. Você é um? Parte 3

"Sede meus imitadores, como também eu de Cristo." 1°Corintios 11:1


Jesus: um exemplo a ser seguido

E possível encontrar na bíblia muitos exemplos de servos que trasbordavam fé, que lutavam até o fim por Deus, que operavam maravilhas, que eram grandes líderes, profetas, pastores, sacerdotes, músicos, homens e mulheres. Porém nenhum deles é maior do que o exemplo daquele carpinteiro que diziam ser aquele que veio para remir os pecados de toda a humanidade, Jesus Cristo.


Antes de continuar lendo leia a parte 1 e a parte 2


Vejam e examinem os atos do mestre que podem e devem ser copiados por nós, Os Discípulos:

Deixou sua realeza - Diferente de todos os outros servos de Deus da Bíblia, Jesus não nasceu como servo, mas sim como Deus. Ele deixou o esplendor da sua glória e desceu a esse mundo só para que você que está lendo esse texto tenha a salvação. 
Exemplo para as nossas vidas - Às vezes não queremos deixar o conforto dos domingos em casa, ou o computador, ou o jogo de futebol, ou a novela para ir a casa de Deus. Lembre-se que Jesus veio a esse mundo para realizar o plano de Deus, e que você faz parte desse plano que não chegou ao fim na cruz e tem muitas pessoas precisando da palavra de Deus, afinal você já é servo de Deus e já conhece o caminho não seja egoísta e compartilhe a salvação com outras pessoas.

Era íntimo de Deus - Apesar d'Ele também ser Deus ele tinha que tomar sua posição de Servo e orava constantemente a Deus sempre que havia um motivo especial relacionado ao plano de Deus. Também se mantinha em constante consagração. Se ele fizesse tudo com suas próprias mãos (e ele poderia se quisesse) ele deixaria seu papel de servo aqui na Terra.
Exemplo para as nossas vidas - Quanto tempo passamos no nosso dia sem conversar com Deus, sem agradecer, sem interceder pela vida daquele ente querido, sem perguntar oque é realmente necessário fazer para agradar a Deus. Com oração ficamos tão íntimos de Deus que a vontade dele fica explícita a nós e sabemos até qual o motivo certo de agradecer e do que pedir.

Era um profundo conhecedor da palavra - Quando Jesus jejuou por quarenta dias e quarenta noites satanás o questionou com base em três versículos bíblicos, porém jesus com toda sua sabedoria soube responder as questões e expulsar a satanás.
Exemplo para as nossas vidas - Muitas vezes esquecemos que para ser um discípulo é preciso ter domínio da palavra de Deus, pois vais chegar momentos em que satanás vai te questionar vai colocar na sua mente perguntas como:"Porque eu estou aqui?", "Será que Deus existe de verdade?", "Será que o mundo é legal?", "Porque será que eu varro a igreja se ela não é minha e sim do pastor?", "Pra que Jejuar?". Quando você for diretamente na palavra de Deus ele te responderá.

Curou enfermos expulsou demônios - Jesus sempre se deparava com o agir de Satanás na vida das pessoas. Jesus expulsava Demônios e enfermidades das pessoas quando as perdoava de seus pecados. Ele sempre dizia "vá e não peques mais".
Exemplo para as nossas vidas - Lembre-se que satanás não tem poder sobre nós, porém ele nos induz a pecar, pois ele sabe que quando pecamos nos afastamos de Deus. Quando o único que pode nos proteger fica afastado de nós ele envia um (ou vários) de seus demônios para nos atormentar. Nós temos o total poder para expulsar demônios, não apenas aqueles que estão manifestados. Quando pregamos para uma pessoa ou oramos pela vida dela estamos trabalhando contra o pecado e ajudando essa pessoa a largar o pecado expulsando o demônio da vida dela antes mesmo dele entrar.

Foi criticado mas continuou servindo sem problemas - Quantas vezes os escribas e fariseus questionaram a Jesus com o intuito de condená-lo pelas suas palavras, Jesus andava com pecadores e era criticado por isso. Mesmo com todas essas críticas ele não se alterou, não mudou seu semblante e continuou a fazer o plano de Deus. Jesus não era afetado por críticas por que ele tinha certeza de que oque ele estava fazendo era o certo.
Exemplo para as nossas vidas - Quantas vezes recebemos críticas e nos aborrecemos, desanimamos ou largamos oque estávamos fazendo. Se um irmão fala algo sobre você que você não concorda você se estressa com o irmão, perde a comunhão com o corpo e se esquece que ele pode estar certo. Se foi o Espírito Santo que lhe mandou fazer algo que desagradou a alguém não se preocupe como as críticas dessa pessoa, mas se preocupe com a vida espiritual dessa pessoa e ore pela vida dela. Muitas vezes nossos erros ficam ocultos aos nossos olhos e precisamos de uma crítica para crescer.

Foi escarnecido mas não parou de caminhar - Jesus levou chutes, socos, chicotadas, foi cuspido, recebeu uma coroa de espinhos, zombaram de sua realeza e mesmo assim ele não desanimou ou desistiu de cumprir o plano de Deus. Quando tudo estava consumado a natureza rugiu a morte dele e todos disseram "este realmente é o filho de Deus"
Exemplo para as nossas vidas - Por muitas vezes quando você estiver ligado a casa de Deus tocando, pregando, ministrando, cantando vai chegar alguns pra você e dizer que você não vai conseguir, vão zombar de você e vão falar mal de você para as outras pessoas. Porém se você perseverar na palavra de Deus se prontificar a trabalhar na casa de Deus ele vai te honrar e aqueles que diziam que você não ia conseguir vão te olhar e vão pensar "este(a) e realmente um servo(a) de Deus".

Fez discípulos - A morte de jesus não foi o fim do plano de Deus e sim o início de uma nova fase onde o espírito santo falaria diretamente com todos aqueles que o buscassem. Como Jesus sabia que a obra iria continuar ele estava sempre ensinando aqueles que continuariam depois de sua morte.
Exemplo para as nossas vidas - Somos discípulos e nosso objetivo é fazer mais discípulos. Da mesma forma, pastores ajudam na formação de pastores, levitas ajudam na formação de levitas e assim por diante. O conhecimento que temos e adquirimos através das provações que Deus nos deu é para ajudar a auxiliar os mais novos (na fé). Um dia partiremos e a obra de Deus precisa continuar e serão eles que ficarão aqui até a volta do Senhor Jesus.

continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário